Autismo e Superdotação: possíveis equívocos

 Autismo e superdotação: é possível confundir estas necessidades educacionais especiais?


(Text in Portuguese and in English).




 

É possível haver profissionais que confundam autismo com superdotação. Um dos maiores equívocos é pensar que a criança com autismo é sempre muito limitada, e isto não é verdade. A criança com autismo pode apresentar muitos talentos.

Em alguns casos de autismo, há hiperlexia e esta síndrome pode confundir algumas famílias e profissionais da educação e da saúde.

 

O que é hiperlexia?

Trata-se de uma síndrome, muitas vezes presente em crianças com autismo, que envolve a capacidade de leitura precoce e a obsessão por números e letras. Isto quer dizer que a criança com autismo pode aprender a ler precocemente. Há casos de crianças com 3 anos de idade que já apresentam esta capacidade, no entanto, elas têm muita dificuldade de interpretar e de se comunicar.

Esta síndrome inclusive pode confundir muitos profissionais (professores, psicólogos, entre outros), levando-os a acreditar que estas crianças são superdotadas.

 

Mas o que fazer neste caso?

É importante observar e interagir com a criança realizando perguntas sobre o que ela leu, sobre o que ela viu em determinado momento e analisar as possíveis respostas que a criança irá expressar. Observar sua fala se é funcional e se a criança consegue se comunicar bem.

 

Crianças com autismo ou com superdotação são antissociais?

As crianças com autismo e as crianças superdotadas podem apresentar dificuldades na interação social. Em ambos os casos, o motivo da falta de interação com outras pessoas pode ser o ambiente onde elas estão inseridas e as relações sociais que oferecem poucos benefícios para estas crianças.

Há sinais de autismo que são semelhantes aos de crianças superdotadas. Tanto as crianças superdotadas, como as crianças com autismo, podem apresentar um interesse muito concentrado. Pode haver momentos que estas crianças dediquem muito tempo realizando a mesma atividade preferida. Este fato pode durar meses. As crianças superdotadas e as crianças com autismo têm uma atenção aguçada aos detalhes, seus interesses e desejos na realização de alguma tarefa podem ser confundidos com obsessão.

Por isto, quanto mais investigação houver em relação às habilidades e limitações das crianças com autismo e das crianças superdotadas, melhor será o atendimento a estas crianças.

 


Contato: Instagram fheller2904

Ph.D. Fer Piske



Referências:

American Psychiatric Association (2014). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5 (5ª Ed.). Porto Alegre: Artmed. 

 

Assouline, S. G.; Nicpon, M. F; Colangelo, N.;  O’Brien, M. (2008). The Paradox of Giftedness and Autism.  https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED535140.pdf

 

Assouline, S. G., Foley-Nicpon, M. & Doobay, A. (2009). Profoundly gifted girls and Autism Spectrum Disorder. Gifted Child Quarterly, 53, 89-105. http://dx.doi.org/10.1177/0016986208330565.         

 

Assouline, S. G., Foley-Nicpon, M. & Whiteman, C. (2010). Cognitive and psychosocial characteristics of gifted students with written language disability. Gifted Child Quarterly, 54, 102-115. http://dx.doi.org/10.1177/0016986209355974.  

 

Davidson Institute (2020). Gifted children with Asperger's Syndrome. https://www.davidsongifted.org/search-database/entry/a10167#:~:text=AS%20is%20a%20disorder%20in,traits%20of%20a%20gifted%20child.

 

Hirai, T.;  Usui, N.;  Iwata, K.;  Miyachi, T.  Tsuchiya, K. J.  Xie, M.J.;  Nakamura, K.;  Tsujii, M.; Sugiyama, T.;  Matsuzaki, H. (2020). Increased plasma lipoprotein lipase activity in males with autism spectrum disorder. https://doi.org/10.1016/j.rasd.2020.101630

 

Meleady, J;  Nearchou, F.; Bramham, J. ; Carr, A. (2020). Family adaptation among parents of children on the autism spectrum without a comorbid intellectual disability:

A test of the Double ABCX model. https://doi.org/10.1016/j.rasd.2020.101637

 

Ministério da Saúde (2014). Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Diretrizes de Atenção à Reabilitação da Pessoa com Transtornos do Espectro do Autismo (TEA). 1 edição, Brasília. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_atencao_reabilitacao_pessoa_autismo.pdf     

 

Piske, F. H. R. (2013). O desenvolvimento socioemocional de alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD) no contexto escolar: contribuições a partir de Vygotsky. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR.

 

Piske, F. H. R. (2016). Alunos com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD): como identificá-los? In F. H. R. Piske, T. Stoltz, J. M. Machado & S. Bahia (Eds.). Altas habilidades/Superdotação (AH/SD) e Criatividade: identificação e atendimento. (pp.249-259). Curitiba, Juruá.

 

Piske, F. H. R. (2018). Altas habilidades/superdotação (AH/SD) e criatividade na escola: o olhar de Vygotsky e de Steiner. Tese de Doutorado em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR.

 

Piske, F. H. R. (2020). The importance of socio-emotional development of gifted students.  In F. H. R. Piske, T. Stoltz, A. Rocha & C. Costa-Lobo (Eds.). (2020). Socio-Emotional Development and Creativity of Gifted Students. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

 

PsychCentral  (2020). Autistic and Gifted: Supporting the Twice-Exceptional Child. https://psychcentral.com/lib/autistic-and-gifted-supporting-the-twice-exceptional-child/

 

Reis, S. M., Baum, S. M., & Burke, E. (2014). An operational definition of twice-exceptional learners: Implication and applications. Gifted Child Quarterly, 58, 217-230. http://dx.doi.org/10.1177/0016986214534976.





(Text in English)



Autism and giftedness: is it possible to confuse these special educational needs?

 

There may be professionals who confuse autism with giftedness. One of the biggest misconceptions is to think that the child with autism is always very limited, and this is not true. The child with autism can have many talents.

In some cases of autism, there is hyperlexia and this syndrome can confuse some families and education and health professionals.

 

What is hyperlexia?

It is a syndrome, often present in children with autism, which involves the ability to read early and obsess over numbers and letters. This means that the child with autism can learn to read early. There are cases of children as young as 3 years old who already have this ability, however, they have great difficulty in interpreting and communicating.

This syndrome can even confuse many professionals (teachers, psychologists, among others), leading them to believe that these children are gifted.

 

But what to do in this case?

It is important to observe and interact with the child by asking questions about what he / she read, about what he / she saw at a given moment and to analyze the possible answers that the child will express. Observe his/her speech if it is functional and if the child can communicate well.

 

Are children with autism or gifted people antisocial?

Children with autism and gifted children may experience difficulties in social interaction. In both cases, the reason for the lack of interaction with other people may be the environment where they are inserted and the social relationships that offer little benefit to these children.

There are signs of autism that are similar to those of gifted children. Both gifted children and children with autism can have a very concentrated interest. There may be times when these children spend a lot of time doing the same favorite activity. This fact can last for months. Gifted children and children with autism have a keen attention to detail, their interests and desires in carrying out a task can be mistaken for obsession.

For this reason, the more research there is regarding the skills and limitations of children with autism and gifted children, the better the care for these children will be.

 

Contact: Instagram fheller2904

Ph.D. Fer Piske

 

 

References:

American Psychiatric Association (2014). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5 (5ª Ed.). Porto Alegre: Artmed. 

 

Assouline, S. G.; Nicpon, M. F; Colangelo, N.;  O’Brien, M. (2008). The Paradox of Giftedness and Autism.  https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED535140.pdf

 

Assouline, S. G., Foley-Nicpon, M. & Doobay, A. (2009). Profoundly gifted girls and Autism Spectrum Disorder. Gifted Child Quarterly, 53, 89-105. http://dx.doi.org/10.1177/0016986208330565.         

 

Assouline, S. G., Foley-Nicpon, M. & Whiteman, C. (2010). Cognitive and psychosocial characteristics of gifted students with written language disability. Gifted Child Quarterly, 54, 102-115. http://dx.doi.org/10.1177/0016986209355974.  

 

Davidson Institute (2020). Gifted children with Asperger's Syndrome. https://www.davidsongifted.org/search-database/entry/a10167#:~:text=AS%20is%20a%20disorder%20in,traits%20of%20a%20gifted%20child

 

Hirai, T.;  Usui, N.;  Iwata, K.;  Miyachi, T.  Tsuchiya, K. J.  Xie, M.J.;  Nakamura, K.;  Tsujii, M.; Sugiyama, T.;  Matsuzaki, H. (2020). Increased plasma lipoprotein lipase activity in males with autism spectrum disorder. https://doi.org/10.1016/j.rasd.2020.101630

 

Meleady, J;  Nearchou, F.; Bramham, J. ; Carr, A. (2020). Family adaptation among parents of children on the autism spectrum without a comorbid intellectual disability:

A test of the Double ABCX model. https://doi.org/10.1016/j.rasd.2020.101637

 

Ministério da Saúde (2014). Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Diretrizes de Atenção à Reabilitação da Pessoa com Transtornos do Espectro do Autismo (TEA). 1 edição, Brasília. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_atencao_reabilitacao_pessoa_autismo.pdf     

 

Piske, F. H. R. (2013). O desenvolvimento socioemocional de alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD) no contexto escolar: contribuições a partir de Vygotsky. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR.

 

Piske, F. H. R. (2016). Alunos com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD): como identificá-los? In F. H. R. Piske, T. Stoltz, J. M. Machado & S. Bahia (Eds.). Altas habilidades/Superdotação (AH/SD) e Criatividade: identificação e atendimento. (pp.249-259). Curitiba, Juruá.

 

Piske, F. H. R. (2018). Altas habilidades/superdotação (AH/SD) e criatividade na escola: o olhar de Vygotsky e de Steiner. Tese de Doutorado em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR.

 

Piske, F. H. R. (2020). The importance of socio-emotional development of gifted students.  In F. H. R. Piske, T. Stoltz, A. Rocha & C. Costa-Lobo (Eds.). (2020). Socio-Emotional Development and Creativity of Gifted Students. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

 

PsychCentral  (2020). Autistic and Gifted: Supporting the Twice-Exceptional Child. https://psychcentral.com/lib/autistic-and-gifted-supporting-the-twice-exceptional-child/

 

Reis, S. M., Baum, S. M., & Burke, E. (2014). An operational definition of twice-exceptional learners: Implication and applications. Gifted Child Quarterly, 58, 217-230. http://dx.doi.org/10.1177/0016986214534976.

 

Postar um comentário

0 Comentários