Pular para o conteúdo principal

Maravilhosos talentos e habilidades de Emmanuel

Emmanuel, mesmo com tantos talentos, apresenta frustração em certos momentos.




Em uma conversa que tive com Zinia, a mãe de Emmanuel, ela conta sobre várias habilidades de seu filho.

Zinia relata: "Emmanuel identifica as bandeiras de todos os países da América, Europa e alguns da Ásia. Ele conhece as tabuadas de multiplicação até 6; e todas as cores em espanhol e inglês".

Mesmo com tantas habilidades, há momentos que Emmanuel expressa frustração.

Zinia enfatiza que: "A única dificuldade é que ele não tolera bem a frustração, nem aceita ser ensinado se não pedir, porque gosta de aprender sozinho".

Existem situações que podem levar a criança superdotada à frustração (Gross, 2016; Kane & Silverman, 2014; Peterson, 2014; Piske & Kane, 2020).

Uma das fontes mais comuns de frustração para crianças superdotadas está relacionada à sua percepção de que as regras dos outros não fazem sentido, não são lógicas e, portanto, não precisam ser obedecidas (Davidson Institute, 2020).

Muitas vezes, as crianças superdotadas pensam que o mundo deve operar de acordo com suas regras, elas acreditam que tais regras são totalmente lógicas e se sentem indignadas quando o mundo não as compreende.

Eu, como Ph.D. em Educação e Especialista em Educação Especial e Inclusiva afirmo que, de modo geral, os superdotados se sentem bem quando expressam sua autodeterminação e autonomia.

Ressalto que para lidar com a frustração é importante que a família converse muito com a criança explicando sobre a importância de entender as diferentes regras que existem no contexto social.

Afirmo que uma maneira de amenizar a frustração é encontrar alguma atividade em que a criança superdotada possa definir as regras e ter autonomia.

Infelizmente, Zinia relata que onde ela vive em Cuba, não há escolas para ajudar quanto às habilidades de Emmanuel.

Recomendo que Zinia busque ajuda de especialistas em Cuba. É importante contar com apoio de professores, pedagogos e psicólogos capacitados na área de altas habilidades/superdotação para ajudarem quanto ao atendimento de Emmanuel.

Investir na educação de superdotados, é investir em grandes descobertas e benefícios para toda a sociedade em diversas áreas do conhecimento.



(Contato no instagram: fheller2904)



Referências

Davidson Institute (2020). Tips for Parents: Managing Frustration and Difficult Feelings in Gifted Children. https://www.davidsongifted.org/search-database/entry/a105

Gross, M. U. M.  (2016). Developing programs for gifted and talented students.In  F. H. R. Piske, T. Stoltz, J. M. Machado;  & S. Bahia (Eds.). Altas habilidades/Superdotação (AH/SD) e Criatividade: Identificação e Atendimento. Curitiba: Juruá.

Kane, M. & Silverman, L. K. (2014). Fostering Well-Being in Gifted Children:  Preparing for an Uncertain Future. In F. H. R. Piske; J. M. Machado; S. Bahia e T. Stoltz (Orgs.). Altas habilidades/Superdotação (AH/SD): Criatividade e emoção. Curitiba, Juruá.

Peterson, J. (2014). Paying Attention to the Whole Gifted Child: Why, When, and How to Focus on Social and Emotional Development. Em: Piske, F. H. R.; Machado, J. M., Bahia, S. & Stoltz, T. (orgs. ). Altas habilidades/Superdotação (AH/SD): Criatividade e emoção. Curitiba, Juruá.

Piske, F. H. R. (2013). O desenvolvimento socioemocional de alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD) no contexto escolar: contribuições a partir de Vygotsky. 166 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná. Curitiba.

Piske, F. H. R. (2018). Altas habilidades/superdotação (AH/SD) e criatividade na escola: o olhar de Vygotsky e de Steiner. Tese. (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná. Curitiba.

Piske, F. H. R. (2020). The importance of socio-emotional development of gifted students.  In F. H. R. Piske, T. Stoltz, A. Rocha & C. Costa-Lobo (Eds.). (2020). Socio-Emotional Development and Creativity of Gifted Students. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

Piske, F. H. R. & Kane, M. (2020). Socio-emotional development of gifted students: educational implications. In F. H . R. Piske, T. Stoltz, E. Guérios, D. Camargo, A. Rocha, C. Costa-Lobo (Eds.). Superdotados e Talentosos: Educação, Emoção, Criatividade e Potencialidades. Curitiba, Juruá.


Text in English:


In a conversation I had with Zinia, Emmanuel's mother, she tells about her son's various abilities.

Zinia reports: “Emmanuel identifies the flags of all countries in America, Europe and some in Asia. He knows the multiplication tables up to 6; and all colors in Spanish and English ”.

Even with so many skills, there are moments when Emmanuel expresses frustration.

Zinia emphasizes that: "The only difficulty is that he does not tolerate frustration well, nor does he accepts being taught if he does not ask, because he likes to learn on his own".

There are situations that can lead the gifted child to frustration (Gross, 2016; Kane & Silverman, 2014; Peterson, 2014; Piske & Kane, 2020).

One of the most common sources of frustration for gifted children is related to their perception that the rules of others do not make sense, are not logical and therefore do not need to be obeyed (Davidson Institute, 2020).

Many times, gifted children think that the world must operate according to their rules, they believe that these rules are completely logical and feel indignant when the world does not understand them.

I, as a Ph.D. in Education and a Specialist in Special and Inclusive Education, say that, in general, gifted children feel good when they express their self-determination and autonomy.

I emphasize that to deal with frustration it is important that the family talks a lot with the child explaining the importance of understanding the different rules that exist in the social context.

I say that a way to alleviate frustration is to find some activity in which the gifted child can define the rules and have autonomy.

Unfortunately, Zinia reports that where she has been living in Cuba, there are no schools to help with Emmanuel's abilities.

I recommend that Zinia seek help from specialists in Cuba. It is important to have support from teachers, educators and trained psychologists in the area of ​​high abilities / giftedness to help with Emmanuel's specialized service.

Investing in the education of gifted people means investing in great discoveries and benefits for the whole of society in different areas of knowledge.

 


(Contact on instagram: fheller2904).


 References:

Davidson Institute (2020). Tips for Parents: Managing Frustration and Difficult Feelings in Gifted Children. https://www.davidsongifted.org/search-database/entry/a10568

Gross, M. U. M. (2016). Developing programs for gifted and talented students.In F. H. R. Piske, T. Stoltz, J. M. Machado; & S. Bahia (Eds.). High skills / Giftedness (AH / SD) and Creativity: Identification and Service. Curitiba: Juruá.

Kane, M. & Silverman, L. K. (2014). Fostering Well-Being in Gifted Children: Preparing for an Uncertain Future. In F. H. R. Piske; J. M. Machado; S. Bahia and T. Stoltz (Orgs.). High skills / Giftedness (AH / SD): Creativity and emotion. Curitiba, Juruá.

Peterson, J. (2014). Paying Attention to the Whole Gifted Child: Why, When, and How to Focus on Social and Emotional Development. In: Piske, F. H. R .; Machado, J. M., Bahia, S. & Stoltz, T. (orgs.). High skills / Giftedness (AH / SD): Creativity and emotion. Curitiba, Juruá.

Piske, F. H. R. (2013). The socioemotional development of students with high skills / giftedness (AH / SD) in the school context: contributions from Vygotsky. 166 f. Dissertation (Master in Education) - Federal University of Paraná. Curitiba.

 Piske, F. H. R. (2018). High skills / giftedness (AH / SD) and creativity at school: the view of Vygotsky and Steiner. Thesis. (PhD in Education) - Federal University of Paraná. Curitiba.

Piske, F. H. R. (2020). The importance of socio-emotional development of gifted students. In F. H. R. Piske, T. Stoltz, A. Rocha & C. Costa-Lobo (Eds.). (2020). Socio-Emotional Development and Creativity of Gifted Students. Coimbra: Coimbra University Press.

Piske, F. H. R. & Kane, M. (2020). Socio-emotional development of gifted students: educational implications. In F. H. R. Piske, T. Stoltz, E. Guérios, D. Camargo, A. Rocha, C. Costa-Lobo (Eds.). Gifted and Talented: Education, Emotion, Creativity and Potentialities. Curitiba, Juruá.


Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que o Instituto C & S já é referência em Curitiba?

  Reportagem realizada pelo Bem Paraná! Um dos meios de comunicação mais divulgados em Curitiba.  Doutora Fernanda Piske foi entrevistada para falar sobre o Instituto C&S - Criatividade & Superdotação. Clique aqui para ver a reportagem!   Muitas famílias estão sendo atendidas para tirar as dúvidas sobre a área de Altas Habilidades/Superdotação e trazem seus filhos para conhecer o Instituto.   Há um grande interesse das famílias em saber mais sobre esta área. Muitas destas famílias estão trazendo seus filhos para serem avaliados no Instituto   C & S – Criatividade & Superdotação.   A avaliação é o primeiro passo para que haja um atendimento adequado de acordo com as áreas de interesse de cada criança.   A avaliação ocorre por uma equipe multidisciplinar, professores, pedagogos, psicopedagogos, psicólogos e neuropsicólogos estão envolvidos na avaliação.   É importante que o estudante e sua família contribua também com seus relatos e histórias

Educação de Superdotados em Portugal

  Educação de Superdotados em Portugal (Text in Portuguese and in English below) Veja o texto sobre a ANEIS e o vídeo com Alberto Rocha , o Presidente desta importante Associação! Veja o vídeo! Clique aqui!   Alberto Rocha fala sobre o trabalho da ANEIS , referência em Portugal, quanto à identificação e atendimento de superdotados.   Alberto Rocha tem contribuído muito com diversas publicações que temos realizado juntos! Veja alguns livros a seguir!   O especialista Alberto Rocha explica que a Associação Nacional para o Estudo e a Intervenção na Sobredotação (ANEIS) foi criada em Dezembro de 1998 por iniciativa de professores, psicólogos e estudantes. Progressivamente, desenvolve e presta apoios a crianças e jovens com características de sobredotação e a suas famílias, nas múltiplas áreas de capacidade e atividade humana – intelectual, motor, académico, social, artístico, mecânico e emocional – tendo em vista o desenvolvimento integral, a melhoria da qualidade de vid

Terceiro Evento Internacional on-line sobre Superdotação, Dupla Excepcionalidade e Criatividade

  Terceiro Evento Internacional on-line sobre Superdotação, Dupla Excepcionalidade e Criatividade  promovido pelo Instituto C&S – Criatividade & Superdotação em Curitiba, Paraná.   Data:  17/09/2022 - Início às 10 horas da manhã! (Sábado).    Inscrição por e-mail:   institutoces.curitiba@gmail.com   Valor promocional atual:    79,90 reais.  Receba o link de pagamento pelo e-mail do Instituto:   institutoces.curitiba@gmail.com   QUATRO PALESTRAS COM ESPECIALISTAS DOS ESTADOS UNIDOS E BRASIL!   Palestrante:  Fernanda Hellen Ribeiro Piske Palestra:  Identificação e atendimento a estudantes com comportamento superdotado e/ou com dupla excepcionalidade no Instituto C&S – Criatividade & Superdotação em Curitiba, Paraná. Horário: 10: 00 h   Palestrante:  Vera Lucia Messias Fialho Capellini Palestra:  Estratégias de ensino e orientação a professores de estudantes com dupla e