Autistas e superdotados, como compreendê-los?

Autismo e superdotação, conheça mais sobre essas necessidades especiais!

(Text in Portuguese and in English)

 

O autismo é um transtorno, conhecido como transtorno do espectro autista (TEA).  Esse transtorno refere-se a uma ampla gama de condições caracterizadas por desafios com habilidades sociais, dificuldade de interpretação, comportamentos repetitivos, fala e comunicação não verbal. São algumas características que, muitas vezes, impedem a criança autista de interagir e interpretar as pessoas e as coisas ao seu redor (Autismspeaks, 2021).





Não existe um único tipo de autismo, mas muitos subtipos. Grande parte influenciados por uma combinação de aspectos genéticos e ambientais. Como o autismo é um transtorno do espectro, cada criança com autismo tem um conjunto distinto de pontos fortes, deficiências e desafios a serem reconhecidos e atendidos (Rogers, & Dawson, 2014; Brites, & Brites, 2019).


 

Cada criança autista pode aprender de forma diferente, umas com mais facilidade e outras com mais lentidão. As maneiras pelas quais essas crianças aprendem, pensam e resolvem problemas podem variar de altamente qualificadas a severamente desafiadas. Não há um único perfil de criança com autismo (Grandin, & Panek, 2015; Cossio; Pereira, Rodriguez, 2017).

 

Por exemplo, uma criança autista pode apresentar hiperlexia, que é uma síndrome que nem todas as crianças autistas apresentam. A hiperlexia pode confundir muitos professores que, às vezes, acreditam ser uma alta capacidade de aprender a ler precocemente que somente crianças superdotadas apresentam.




 

Mas como definir a hiperlexia? Como diagnosticar essa síndrome?


Clique aqui e saiba mais!


 

Outro exemplo, é o fato de haver crianças autistas que são superdotadas. Fato esse que caracteriza a dupla excepcionalidade.


A dupla excepcionalidade deve ser reconhecida e atendida por uma equipe de profissionais capacitada para trabalhar tanto com as deficiências, como também com a alta (s) capacidade (s) que uma criança pode apresentar no contexto escolar e em sua vida no dia-a-dia.

 

Como entender a dupla excepcionalidade? Como definir?

 

Clique aqui e saiba mais sobre a dupla excepcionalidade!

 

Em relação à superdotação, trata-se de uma alta capacidade que algumas pessoas apresentam. 

Os superdotados têm a capacidade de desempenho - em níveis mais elevados em comparação com outros da mesma idade. Eles exigem modificação (ões) em suas experiências educacionais para aprender e expressar seu potencial. Os superdotados podem estar presentes em todas as populações raciais, étnicas e culturais, bem em todos os estratos econômicos. Eles precisam de acesso suficiente a oportunidades de aprendizagem apropriadas para desenvolver seu potencial (NAGC, 2021).

 

Saiba mais sobre superdotação!

É possível ler o livro a seguir! A leitura abre os horizontes e amplia o conhecimento!

Clique aqui!


 

Referências:

Autismspeaks (2021). What is Autism? https://www.autismspeaks.org/what-autism

 

Brites, L. & Brites, C. (2019). Mentes Únicas - Aprenda Como Descobrir, Entender e Estimular Uma Pessoa com Autismo e Desenvolva Suas Habilidades Impulsionando Seu Potencial. São Paulo: Editora Gente.

 

Cossio, A. do P.; Pereira, A. P. da S.; Rodriguez, R. de C. C. (2017). Benefícios e nível de participação na intervenção precoce: perspectivas de mães de crianças com perturbação do espetro do autismo. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 3, n. 4, p. 505-516.

 

Grandin, T. & Panek, R. (2015). O cérebro autista: Pensando através do espectro. São Paulo: Editora Record.

  

NAGC (2021). What is giftedness? https://www.nagc.org/resources-publications/resources/what-giftedness

 

Rogers, S. & Dawson, G. (2014). Intervenção Precoce em Crianças com Autismo. Lisboa: Lidel.

 

  

Autism and giftedness, learn more about these special needs!

 

Autism is a disorder, known as autism spectrum disorder. This disorder refers to a wide range of conditions characterized by challenges with social skills, difficulty in interpretation, repetitive behaviors, speech and non-verbal communication. These are some characteristics that often prevent the autistic child from interacting and interpreting the people and things around him/her (Grandin, & Panek, 2015; Autismspeaks, 2021).






There is no single type of autism, but many subtypes. Mostly influenced by a combination of genetic and environmental aspects. As autism is a spectrum disorder, each child with autism has a distinct set of strengths, disabilities and challenges to be recognized and addressed (Rogers, & Dawson, 2014; Brites, & Brites, 2019).



 

Each autistic child can learn differently, some more easily and others more slowly. The ways in which these children learn, think and solve problems can range from highly qualified to severely challenged. There is no single profile of a child with autism (Grandin, & Panek, 2015; Cossio; Pereira, Rodriguez, 2017).

 

For example, an autistic child may have hyperlexia, which is a syndrome that not all autistic children have. Hyperlexia can confuse many teachers who sometimes believe it is a high ability to learn to read early that only gifted children have.

 

But how to define hyperlexia? How to diagnose this syndrome?

Click here and know more about it!

 

Another example is the fact that there are autistic children who are gifted. This fact characterizes the twice-exceptionality.

Twice- exceptionality must be recognized and attended by a team of professionals trained to work both with the disabilities, as well as with the high capacity (s) that a child can present in the school context and in his/her day-to-day life.


How to understand twice- exceptionality?


How to define it?

 

Click here and learn more about twice-exceptionality!


 

In relation to giftedness, it is a high capacity that some people have. The gifted have the ability to perform - at higher levels compared to others of the same age. They require modification (s) in their educational experiences in order to learn and realize their potential. 

 

The gifted can be present in all racial, ethnic and cultural populations, as well as in all economic strata. They need sufficient access to appropriate learning opportunities to realize their potential (NAGC, 2021).

 

 

Learn more about giftedness!

You can read the following book! Reading opens up horizons and expands knowledge!


Click here!



 

References:

Autismspeaks (2021). What is Autism? https://www.autismspeaks.org/what-autism

 

Brites, L. & Brites, C. (2019). Mentes Únicas - Aprenda Como Descobrir, Entender e Estimular Uma Pessoa com Autismo e Desenvolva Suas Habilidades Impulsionando Seu Potencial. São Paulo: Editora Gente.

 

Cossio, A. do P.; Pereira, A. P. da S.; Rodriguez, R. de C. C. (2017). Benefícios e nível de participação na intervenção precoce: perspectivas de mães de crianças com perturbação do espetro do autismo. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 3, n. 4, p. 505-516.

 

Grandin, T. & Panek, R. (2015). O cérebro autista: Pensando através do espectro. São Paulo: Editora Record.

 

NAGC (2021). What is giftedness? https://www.nagc.org/resources-publications/resources/what-giftedness

 

Rogers, S. & Dawson, G. (2014). Intervenção Precoce em Crianças com Autismo. Lisboa: Lidel.


 





 


Postagens mais visitadas deste blog

O que é uma escola criativa?

Autismo e Superdotação

Professores conseguem perceber as altas habilidades de seus estudantes?